Sextorsão: riscos, penas e cuidados

A sextorsão é um dos exemplos mais típicos do uso nocivo da internet, e da importância dos cuidados com a segurança de dados e da segurança individual.

A internet é um local de muita informação, onde milhares de coisas acontecem ao mesmo tempo. Se você tiver consciência do que você faz, pode fazer uma vida maravilhosa e inclusive ganhar muito dinheiro utilizando essa ferramenta que facilitou a vida de muitas pessoas que não tinham condições de ter acesso a internet.



Mas, apesar de todos os benefícios que a internet trouxe para a sociedade moderna, é importante lembrar que existe muita coisa errada acontecendo nesse mundo virtual. Adolescentes e crianças estão constantemente interagindo com esse universo, e esse uso excessivo sem orientação, pode acabar fazendo com que muitos deles sofra a criminalidade que existe na internet.

Confira qual o significa de “sextorsão”, seus efeitos e riscos na vida de uma pessoa que tem seus dados expostos ou obtidos por uma pessoa mal-intencionada:

O que é?

O termo “Sextorsão” é a junção da palavra “sexo” com “extorsão”. É um crime virtual pouco comentado, porém, é bastante comum e está frequentemente presente na vida de adolescentes que vivem na sociedade moderna interagindo 24 horas por dia com a internet.

Basicamente, o criminoso que pode ser um homem feito ou até mesmo um adolescente, ameaça expor fotos intimas da pessoa em questão se ela não fizer o que ele quer. Que no caso, pode variar desde pagar grandes quantias de dinheiro, ou até mesmo pedir novas fotos intimas.

Apesar de parecer estranho, esse não é um crime que acontece apenas com mulheres. Muitos adolescentes homens acabam caindo na mão de criminosos que estão interessadas a fazer essa prática com eles, portanto, você que é pai ou responsável por um adolescente, é muito importante que você esteja ligado na vida virtual do seu filho ou filha para que nada do tipo acabe acontecendo com ele.

Para ajudar você a evitar esse tipo de constrangimento, eu separei aqui algumas dicas e conselhos que vão certamente ajudar você a entender como lidar melhor com uma situação como essa, portanto, preste bastante atenção! Todos são bem simples e objetivos, e com certeza, vão te ajudar muito a conseguir passar por tudo isso sem maiores complicações.

Oriente os seus filhos sobre os perigos da internet

Muitos pais tem o costume de acabar adotando medidas drásticas como proibições, regulamentações, que em muitos casos, acabam piorando e afastando o filho da proteção deles. Pensando nisso, o melhor conselho que eu tenho para oferecer aos pais é o seguinte, se você quiser realmente manter o seu filho afastado de problemas na internet, minha dica é que você procure de fato uma forma de conversar com ele sobre os perigos que estão presentes na internet para que ele possa ficar atento.

E além disso, o seu filho vai confiar em você para confessar alguma coisa que possa estar acontecendo com ele, caso o contrário, se você proibir, você vai estar afastando o seu filho, e isso, pode fazer com que ele não se sinta seguro de contar a você um problema de agressão que ele possa estar sofrendo na internet.

O melhor jeito de prevenir que o seu filho não passe por esse tipo de problema, é justamente a orientação. Dessa forma, ela ficara constantemente em alerta para esse tipo de situação, e certamente, vai evitar frequentar ambientes aonde ele possa se expor a esse tipo de pessoas ficando livre de qualquer tipo de abuso.

Proteja seus dados

Outra forma importante de proteção é tentar evitar que pessoas tenham acesso a seus dados privados. O desenvolvimento de boas senhas e a troca constante delas é uma forma de evitar este problema. Cuidados com as redes acessadas e com os sites que você utiliza também são importantes nesta proteção.

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *