Utilidade Pública

Corte de água: quanto tempo posso ficar sem pagar?

Corte de água: Quanto tempo posso ficar sem pagar?
Escrito por Henrique

Ter a água cortada em sua casa ou empresa é algo péssimo, não é mesmo? Ninguém quer ter de passar por isso, tanto pela dor de cabeça quanto pela falta que a água faz em nosso dia a dia.

Passar um dia só sem água nos impede de tomar banho, lavar as vasilhas sujas que estão na pia e até mesmo beber água – se você tem o filtro embutido na torneira. Ou seja, impossível ter um dia bom e produtivo dessa forma.

Mas, infelizmente, nem todos os dias são flores e pode acontecer de uma esquecer de pagar uma conta, perder a data do vencimento do boleto, dentre outras questões.

Mas, você sabia que não é necessariamente no momento que você esquece de pagar o boleto que a água será cortada? A companhia de água oferece um certo tempo de tolerância, às vezes porque a pessoa só esqueceu de pagar no tempo certo ou não tem o dinheiro necessário no momento.

E, como a água é algo indispensável para uma boa qualidade de vida, esse tempo de tolerância existe para ocorrer uma certa organização.

Leia também:

Então, qual é esse tempo de tolerância para que você possa ficar sem pagar a água e não acontecer o corte? É o que vamos descobrir neste conteúdo, por isso, fique ligado até o final para não perder nenhum detalhe importante, ok? Vamos lá!

Corte de Água: Quanto tempo posso ficar sem pagar?

O tempo médio que as companhias oferecem para o consumidor é de 90 dias para residências e 30 dias para indústrias e demais áreas empresariais. Mas, não significa que isso será totalmente relevado.

Ao pagar uma conta atrasada, ou várias, você poderá estar pagando juros em cima do valor original – aumentando cada vez mais conforme os dias vão se passando sem o pagamento ser efetuado.

Ou seja, se você pensou que poderia pular algumas contas no momento para pagar no tempo limite (que seria por volta do terceiro mês), fique sabendo que não é bem assim que funciona.

Essa tolerância de 3 meses, ou um mês para empresas e indústrias, é uma forma de impedir que falte esse recurso tão importante até mesmo quando estamos passando por um momento de dificuldade – ou, caso seja uma pessoa muito esquecida que só irá perceber 1 ou 2 meses depois, ou até mesmo só quando a água é cortada definitivamente.

Por isso, se você não consegue pagar no momento, você pode até conseguir um desconto com a companhia de água de sua região em relação aos juros para pagar de uma vez o que está devendo.

Como evitar que a água seja cortada?

Como citamos acima, ficar sem água é quase impossível – assim como a energia. E conseguir evitar que isso aconteça é algo muito bom de se pensar.

Uma dica é, se você é uma pessoa esquecida ou muito atarefada (com muitos boletos para pagar também), anote em sua agenda a data de pagamento de cada um deles, passe a receber a cobrança por e-mail ou até mesmo ative o débito automático para facilitar a sua vida.

Já conhece o débito automático? Essa é uma opção que a maioria das companhias de água, energia, cartões de crédito, etc, oferecem para facilitar a vida do consumidor e impedir que ele perca a data de pagamento de seus boletos.

Através de uma programação feita no app do seu cartão de crédito ou débito, ele irá descontar o valor da sua conta no dia do pagamento do boleto – efetuando sem precisar sair de casa ou inserir as informações para efetuar o pagamento manualmente.

É ótimo para pessoas que esquecem de pagar os boletos por conta da correria do dia a dia.

Se o seu caso é falta de dinheiro para pagar a água, comece a planejar este pagamento antes do boleto chegar. Reserve um dinheiro aproximado do que você costuma gastar com a água no mês e, dessa forma, evitará que falte no dia do pagamento.

Fazer um bom planejamento financeiro irá te ajudar neste momento.

Se você realmente não tiver condições de efetuar os pagamentos dentro do prazo de 90 dias, sua água será cortada e você precisará pagar para ter acesso à água novamente em sua residência. Você também poderá tentar um acordo para efetuar o pagamento, seja com a própria companhia de água de sua região ou até mesmo com o Serasa.

E como já citamos, para empresas e indústrias esse prazo é ainda mais curto, portanto, atenção para não atrapalhar a produção diária.

Cortaram a água em um prazo menor do que 90 dias, e agora?

O prazo de 90 dias é determinado pelo Senado, ou seja, não é permitido realizar esse corte antes disso. Afinal, o consumidor pode estar necessitando desse período para se ajustar financeiramente e começar a pagar novamente, é um direito dele.

Mas, lembre-se, se o local onde foi cortada a distribuição de água for um ponto comercial, o prazo é de 30 dias (cerca de 1 mês) para que o corte seja realizado. Não efetuou o pagamento? Em 30 dias uma surpresa irá acontecer.

Se você está dentro do prazo e teve o corte, é seu direito questionar e solicitar que isso seja revertido até o prazo final – em muitos casos, as pessoas pagam antes mesmo de completar o prazo para o desligamento do fornecimento de água.

Conclusão

Você sabia que existia um prazo limite para realizar o corte da disponibilização de água com a falta do pagamento mensal? Pois é, essa é uma forma de dar um certo tempo de tolerância para que o consumidor consiga realizar o pagamento, afinal, a falta de dinheiro pode acontecer e complicar a situação desse cidadão às vezes.

E, caso você seja apenas uma pessoa esquecida ou muito ocupada (como citamos anteriormente neste conteúdo), procure maneiras de garantir que a data limite não seja perdida e você corra o risco de ficar sem o fornecimento de água para sua residência ou ponto comercial.

Respeite o limite de tempo e evite o corte de água.

Deixe seu Comentário