Países mais seguros do Mundo: conheça os seis mais seguros

Atualmente, a fonte mais utilizada para a definição dos países mais seguros do mundo é o Global Peace Index, anualmente elaborado pelo Instituto de Economia e Paz. O índice é anualmente elaborado para a definição dos níveis de segurança em um total de mais de 160 países nos quais o acesso aos dados é mantido em um bom nível.

Em comparação aos anos anteriores, a consolidação do ano de 2016 mostra um mundo um pouco mais “turbulento” do que no ano anterior, em relação à violência. Boa parte destas mudanças estão relacionadas ao aumento do terrorismo e a crises econômicas que levam ao aumento da criminalidade (como é o caso brasileiro).



O Brasil é, entre os 163 países analisados para o índice 2016, o 105º mais seguro, o que demonstra uma situação bastante delicada para o país, especialmente levando-se em consideração o potencial financeiro do país para lidar com a situação.

Saiba quais são os países mais seguros do mundo segundo o Global Peace Index 2016:

Islândia

Em primeiro lugar na lista dos países mais seguros do mundo, a Islândia pode ser oficialmente considerada a nação menos perigosa, em termos de violência. O país tem pouco mais de 300 mil habitantes, e o nono maior IDH do planeta – dados que certamente facilitam na redução da criminalidade.

A baixa desigualdade econômica por lá é apontada como um dos principais fatores para reduzir as taxas de criminalidade, bem com ao facilidade de se controlar uma população tão reduzida.

Dinamarca

A Dinamarca é o segundo entre os países mais seguros do mundo. Com pouco mais de 5,5 milhões de habitantes e o quinto maior IDH do planeta, o país também é conhecido por sua baixíssima desigualdade de acúmulo financeiro. A Dinamarca também destaca-se economicamente por seu alto potencial de geração de renda em relação ao seu tamanho, pela estabilidade econômica e pelos baixos níveis de corrupção internos.

Áustria

A Áustria é o país europeu não formado essencialmente por ilhas que possui a melhor posição entre os países mais seguros do mundo. Com pouco menos de nove milhões de habitantes, o país é o mais seguro da parte continental da Europa. Atualmente, é possível atribuir essa característica à elevada renda per capita e sua boa distribuição entre os habitantes.

Nova Zelândia

O quarto colocado da lista é o primeiro entre os não europeus dos países mais seguros do mundo. A Nova Zelândia, casualmente, tem formação em ilhas – assim como os dois primeiros colocados – e pouco mais de quatro milhões de habitantes. Seu IDH é superior ao da Áustria, por exemplo, sendo colocado em 13º melhor do mundo. O menor fluxo de pessoas sem estrutura financeira bem estabelecida é um dos motivos pelos quais a Nova Zelândia apresenta melhores níveis de segurança do que seu vizinho maior, a Austrália.

Portugal

Portugal é um país curiosamente mantido em excelentes posições entre os países mais seguros do mundo. Diferentemente de todos os outros países da lista, sua situação financeira não é exatamente próspera, a despeito das melhorias recentes. Na prática, o país atravessou uma grave crise, mas não sofreu um aumento excepcional nos índices de criminalidade.

Em parte, pode-se atribuir isso a uma evasão de moradores sem condições financeiras para outros países europeus, o que reduz a incidência social do crime. Além disso, o país não sofre com ameaças constantes de terrorismo, o que melhora significativamente sua situação.

República Tcheca

A República Tcheca ainda reúne algumas das boas características do Império Austro-Húngaro, mesmo que tenha passado por alguns Estados distintos desde então. Ela conta com um elevado índice de desenvolvimento humano e, a despeito de não estar entre as maiores economia do continente, consegue manter um bom nível de igualdade, reduzindo as taxas de criminalidade e obtendo o sexto lugar entre os países mais seguros do mundo.

Compartilhe este artigo!
  • 11
  •  
  •  
    11
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *