Comprovação de vida no INSS: como fazer?

Todos aqueles aposentados ou pensionistas e demais pessoas que usam de algum tipo de benefícios, que estão atualmente sem fazer a sua comprovação de vida há mais de um ano, vão ter os seus benefícios suspensos pelo INSS. Agora, para quem acabou perdendo o prazo por algum motivo, é importante que vá atrás desta correção para que não acabe ficando no prejuízo por conta dessa ação do INSS.

É importante lembrar que, quem se aposentou há menos de um ano, ou até mesmo fez a sua comprovação de vida durante esse período, não tem com o que se preocupar, afinal, está tudo bem recente. Mas, quem se encontra fora desse grupo, precisa ir urgentemente até o seu banco pagador, com um documento oficial com foto para poder resolver a situação, garantindo que tudo estará dentro dos conformes.



Como fazer a comprovação de vida?

No seu banco pagador, você terá a oportunidade de conversar com o responsável para que ela possa reativar o seu pagamento, garantindo que dessa forma, você consiga fazer o possível para voltar a receber o seu benefício e não ficar no prejuízo por conta dessa nova medida do INSS.

O órgão inclusive diz que o procedimento continua sendo feito normalmente durante o ano, e que toda pessoa que faz uso de algum benefício precisará fazer essa comprovação para que o mesmo seja mantido. O prazo final anunciado, foi estabelecido para tentar chamar a tenção das pessoas que se encontram sem fazer a sua comprovação de vida a mais de um ano.

Métodos bancários

Cada banco tem a sua forma especial de atuar com relação a esse assunto. Todos eles, procuram colocar a data de confirmação da comprovação de vida de uma forma mais adequada a maneira que atua a gestão do banco.

Existem bancos que, para facilitar o processo, utilizam a data de aniversário do beneficiado para que possa renovar a sua aposentadoria. Outros bancos utilizam uma data com um mês antes do vencimento da última comprovação de vida que o beneficiado fez.

Portanto, a principal dica é confirmar quais são as regras utilizadas pelo banco pagador que você utiliza, evitando surpresas desagradáveis em seu pagamento. Converse com o setor responsável para que eles possam ajudar você a entender como funciona o procedimento dentro da instituição.

Qual a importância da comprovação de vida?

O método é utilizado para evitar fraudes, como a arrecadação de benefícios indevidos por familiares de indivíduos já falecidos. Felizmente, a comprovação de vida ou como é conhecida popularmente, renovação de senha, é um procedimento obrigatório que todos devem fazer para evitar o pagamento de benefício indevido.

No ano passado, mais de 110 mil beneficiados foram cancelados ou suspensos para evitar esse tipo de problema! Essa ação, gerou para os cofres públicos uma economia de R$ 1,2 bilhões de reais.

Existe alguém que não precisa comprovar?

Somente aquele beneficiado que já fez a sua comprovação há menos de um ano está livre do procedimento pelo exercício do próximo ano. Caso contrário, todos os beneficiados precisam comprovar que ainda se encontram em vida.

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *