Quantidade de estagiários que uma empresa pode ter

Sempre surge um momento, principalmente logo nos primeiros meses de empresa ou até mesmo quando toda a ideia de abrir um empreendimento ainda está no papel sendo amadurecida, onde o empreendedor sem dúvidas já questionou a quantidade de estagiários que uma empresa pode ter.

Muito se fala com relação à quantidade de estagiários e a quantidade de funcionários realmente contratados e muitas vezes ouvimos que apenas um estagiário para cada 5 funcionários contratados se faz necessário. Mas, isso realmente existe? Confira a seguir!

Uma contratação simples

Muitos empreendedores acreditam que admitir um estagiário é uma tarefa extremamente complexa, mas na realidade é algo extremamente simples de se executar. Isso porque os estagiários não possuem encargos e a lei para o estágio funciona de forma completamente diferente do que é em um regime CLT.

Existem também empresas que realizam trabalhos em parceria, oferecendo suporte em todo esse processo e atuando na localização do candidato até mesmo na parte burocrática dos contratos e documentos que são exigidos por lei. O contratante pode utilizar todo esse regime como uma excelente forma de treinar e criar um profissional que futuramente será extremamente competente, tudo isso com um custo inicial baixo se comparado à contratação de um funcionário CLT.

O que diz a lei sobre a quantidade de estagiários?

De acordo com o artigo 17 da lei 11.788/08, no quarto parágrafo, a quantidade de estagiários deve estar relacionada com a quantidade de pessoas das entidades concedentes de estágio, que deve atender à seguinte proporção:

  • De um a 5 empregados – 1 estagiário;
  • De seis a 10 empregados – Até 2 estagiários;
  • De 11 a 25 empregados – Até 5 estagiários;
  • Acima de 25 empregados – Até 20% de estagiários.

Mas, muitos deixam passar despercebido que no mesmo artigo, no mesmo parágrafo existe uma observação que afirma que: “não se aplica o disposto no caput desse artigo, à estagiários de nível superior e de nível médio profissional”. Portanto, para aqueles que estão no início, a contratação de estagiários com um nível superior ou técnico é uma excelente forma de economizar e estar dentro daquilo que a lei exige.

Para evitar uma irregularidade ou uma ação trabalhista, recomenda-se a utilização de serviços de empresas que sejam especializadas nesse segmento.

É importante considerar o treinamento

Para poder aproveitar todos os benefícios que o estágio pode proporcionar à sua empresa, é essencial saber explorar os talentos e qualificações oferecidas por esse futuro profissional. Mas, para isso a empresa precisa saber escolher por um colaborador que seja competente e capaz de trabalhar corretamente com ele fazendo uma verdadeira orientação.

Os novos profissionais, conhecidos como estagiários, podem proporcionar novas ideias para o negócio e também podem se desenvolver corretamente de acordo com as necessidades, além de não possuírem vícios de suas outras experiências.

Além disso, é importante sempre ressaltar também essa pode estar sendo a primeira experiência desses estagiários em uma corporação, e que ainda estão na fase de formação, então o treinamento se faz ainda mais necessário, com um acompanhamento sempre presente para que possam aprender e praticar o que fora aprendido da melhor forma possível.

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *