Engenheiro: O que faz este profissional? Quanto ganha?

É um pouco injusto tratar o engenheiro como um profissional único. A engenharia é um tipo de ciência que engloba uma quantidade quase inacabável de atividades para serem realizadas. Ela pode tratar desde hardware e software, até animais, genética e assuntos diretamente ligados à biologia.

Uma carreira como engenheiro é geralmente vista como uma carreira bem remunerada e respeitada, e pessoas que trabalham como engenheiros geralmente possuem várias opções de mercado, além de terem um prestígio bastante típico no Brasil.

Profissões na área da engenharia, assim como aquelas na área da medicina e do direito, são tradicionalmente admiradas no país e a tendência é que essa mudança ocorra de forma muito lenta. Então, aqueles que dão importância ao prestígio social podem aproveitar o benefício.



Engenheiro de quê?

A engenharia é uma ciência extremamente ampla. Praticamente todas os gostos podem ser encaixados em alguma engenharia específica.

Mesmo aqueles que possuem um gosto especial por ciências humanas podem encontrar seu lugar em alguma engenharia. É possível que o início da faculdade seja um pouco difícil, mas a atuação no mercado de trabalho provavelmente será algo que você irá gostar, neste caso.

Quando o assunto é engenharia, logo se pensa em um engenheiro civil, por sua tradição e maior proximidade com a vida cotidiana. No entanto, se você pensa na carreira de engenheiro, defina antes qual é sua atividade favorita e o que você gostaria de fazer pelo resto da vida: é provável que você encontre uma engenharia muito adaptada a isso!

Como saber qual é a área certa?

Uma das grandes vantagens ao se escolher uma engenharia é a possibilidade de trabalhar em uma área que esteja muito próxima de suas afinidades.

Se você gostaria de trabalhar com computadores, pode optar entre engenharia de software ou de hardware, se prefere máquinas e motores, pode optar por engenharia mecânica ou mecatrônica. Se for mais interessado em nutrição, pode optar por engenharia de alimentos.

As opções são realmente extensas e o mercado é amplo o suficiente para todas estas possibilidades. Para saber qual é a área certa, é interessante pesquisar o que é, de fato, cada um dos cursos de engenharia que possivelmente interessam você.

Outra boa ideia é procurar por um engenheiro já formado e perguntar como é a rotina dele na prática, além do que é explicado dentro das universidades.

Leia tambémO que faz um arquiteto? Quanto ganha?

Como é o mercado de engenharia?

Foto: Nelson Kao/Flickr/CCBY

Foto: Nelson Kao/Flickr/CCBY

Por ser uma área muito ampla, o mercado também oferece oportunidades muito distintas. Atualmente, um engenheiro geralmente entra no mercado em uma posição de gerência – exceto em algumas áreas específicas.

A engenharia é a área de atuação com mais vagas em processos de trainee de grandes empresas, por exemplo, e ainda oferta uma boa flexibilidade para quem se interessar por áreas um pouco distintas de sua formação.

Quanto ganha um engenheiro?

O piso salarial de um engenheiro é regulamentado pela lei 4950-A de 1966 e apresenta um valor acima da média. Para 40 horas de trabalho semanais, o piso indica que o engenheiro deve receber ao menos seis salários mínimos.

Engenheiros com uma boa experiência de mercado chegam a mais de dez ou quinze salários mínimos e, ainda, possuem uma vida profissional que pode ser bastante longa, se mantiverem-se atualizados. É comum que engenheiros aposentados voltem a trabalhar com consultoria, recebendo generosamente por sua experiência durante a carreira.

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *