Enfermeiro: o que faz este profissional e quanto ganha?

Você sabia que nem sempre a pessoa que realiza os cuidados básicos com você no hospital possui o cargo de enfermeiro? Além disso, nem todo mundo que não tem muito contato com a área da saúde sabe, mas o hospital é apenas um dos diversos ambientes onde o enfermeiro pode trabalhar, dentro de uma área ampla e que sempre necessita de sua mão de obra.

O enfermeiro é o profissional da saúde com graduação de nível superior e possui um papel fundamental em toda a estrutura de saúde do país, assim como na vida de muitas pessoas que necessitam de seus cuidados, e outras que acabam nem sabendo do quanto se beneficiam de seu trabalho.

Conheça mais sobre os profissionais da enfermagem e as características desta área:



O que faz um enfermeiro?

Um enfermeiro tem uma atuação bastante ampla, que pode ser simplificada em duas grandes áreas: a diretamente ligada a pacientes e a administrativa.

A diretamente ligada a pacientes é a realização e coordenação de todas as tarefas necessárias para a manutenção de um bom estado das condições do paciente e podem ser altamente complexas – como a participação em procedimento cirúrgicos – ou um pouco mais básicas – como a aplicação de vacinas e coletas de sangue.

Já a parte administrativa é a complexa rotina de organizar setores e equipes inteiras nas atividades diárias de um hospital, empresa ou evento, certificando-se de que a execução de cada serviço relacionado à saúde e à segurança dela mantenha-se eficaz.

Enfermeiro, Técnico em Enfermagem e Auxiliar de Enfermagem

Foto: Antônio Cruz/ABr

Foto: Antônio Cruz/ABr

Uma informação curiosa que nem sempre fica clara para a população a respeito da Enfermagem é que há diferentes profissionais executando tarefas bem distintas entre si, mas que acabam sendo confundidos.

O enfermeiro é o profissional graduado em Ensino Superior no curso de Enfermagem e possui a autonomia de lidar com pacientes em estado grave e complexo, além de ter a habilidade gerencial e administrativa de coordenar equipes de enfermagem em sua rotina, como uma ala de hospital, por exemplo.

O técnico em enfermagem possui graduação em curso técnico – não superior – de dois anos (frente aos quatro de um enfermeiro). Possui a capacidade de lidar com pacientes de alta complexidade, mas age, em determinadas situações, sob a orientação do enfermeiro, especialmente em atividades de preparo para a rotina funcional do local de trabalho.

O auxiliar de enfermagem, por sua vez, também realiza curso técnico de menor duração e está apto a realizar atividades de rotina dentro da enfermagem, e deve estar supervisionado em suas atividades por um enfermeiro.

Leia também: O que faz um advogado? Quanto ganha?

Quanto ganha um enfermeiro?

Foto: Wikipedia/CCBY

Foto: Wikipedia/CCBY

O salário de um enfermeiro depende de sua posição na carreira, seu tempo de serviço e o local onde realiza suas funções. O piso salarial geralmente é definido através dos sindicatos, em suas convenções coletivas, e varia de estado para estado no Brasil.

Geralmente, o piso salarial de um enfermeiro formado gira em torno dos 3 salários mínimos, enquanto determinadas funções e circunstâncias de serviço podem gerar uma remuneração superior a 8 salários mínimos pelo trabalho de quarenta horas semanais.

Um profissional com especialização e que acumule, por exemplo, um cargo administrativo, pode receber remuneração bastante superior à essa.

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *