Direito Civil

Como limpar o nome de dívidas?

Ficar em dia com as finanças nem sempre é uma tarefa fácil, as vezes vão surgindo gastos de todos os lados, e quando vemos estamos endividados – resta apenas tentar limpar o nome de dívidas. Nossa renda não dá para pagar todas as despesas, acúmulos vão acontecendo, e ao final de alguns meses, nosso nome está sujo.

Estar com o nome sujo pode trazer muitas implicações, jurídicas, pessoais e econômicas, já que quando falamos em dívidas devemos lembrar que elas estão atreladas aos juros.

Se você se encontra nessa situação, confira o artigo de hoje. Vamos estabelecer uma série de dicas úteis para ajudar você a sair das dívidas e voltar a ter o nome limpo, confira.

Consulte o seu CPF

A primeira coisa que você deve fazer é consultar o seu CPF, isso porque muitas pessoas estão com o nome sujo no mercado, e nem sabem. Com a consulta do seu CPF você vai conseguir saber exatamente quantas dívidas tem, e para quais empresas você está devendo.

Atualmente há vários serviços online que permitem que você consulte seu CPF gratuitamente, sem precisar saber de casa, ou você pode consultar pessoalmente em uma central de atendimento do SPC e do SERASA.

Anote as suas dívidas

Quando souber todas as dívidas que constam em seu nome é importante que você tome nota das empresas, e do valor exato de cada dívida. Muita gente acaba fugindo dessa parte, por medo de encarar o problema, sendo um valor alto ou baixo é importante que você tenha noção de quanto deve.

Depois de anotar os valores comece a dar prioridade para as que você vai pagar (se for mais que uma), é importante que as dívidas com juros mais altos sejam eliminadas primeiro.

Você também precisa saber quanto do seu orçamento pode ser disponibilizado para o pagamento da dívida, para que o próximo passo seja realizado.

Lembrando que na hora de ver seu orçamento é interessante incluir cortes que possam ser feitos, afinal, quanto maior o valor que você disponibilizar para a dívida, mais rápido ela estará quitada.

Outra ideia interessante é pensar em maneiras de fazer uma graninha extra, pode ser fazendo docinhos, ou usando aquelas suas habilidades de professor particular. O que vale mesmo é deixar o orçamento mais folgado no final do mês.

Negocie a sua dívida

Agora que você já sabe para onde deve, o valor e quanto pode pagar mensalmente é hora de negociar com a empresa. Essa negociação pode ser feita pessoalmente, ou por telefone. A negociação consiste em um desconto para o valor total (caso você possa pagar à vista), ou a negociação da quantidade e do valor das parcelas. Geralmente as empresas pedem uma entrada como garantia, e parcelam de acordo com as condições do cliente o restante.

Por isso é importante você ter analisado o seu orçamento anteriormente, assim já sabe o valor que tem disponível para pagamento.

Prazo

A empresa tem o prazo de 5 dias úteis para deixar seu nome limpo e retirar a dívida do seu CPF, além disso é necessário que a empresa emita um recibo do valor que já foi quitado.

Importante: É importante que você cumpra com a negociação, senão o seu nome volta a entrar nas restrições da empresa, os juros sobre a dívida voltam a crescer, e você não vai ter mais tanta credibilidade com a empresa quando precisar negociar novamente.

Depois de se livrar das dívidas é importante que o controle do orçamento continue a ser feito para situações como essas não voltarem a acontecer.

Deixe seu Comentário

WordPress Ads