Como conseguir microcrédito?

Um microcrédito é uma forma de se obter certo capital inicial de investimento para dar início ou alavancar um empreendimento. Não se trata de uma opção feita para o pagamento de contas pessoais ou compra de bens de consumo, mas uma forma de garantir crédito financiado para estruturar uma empresa.

Em geral, por ser baseado na expectativa de retorno financeiro, o microcrédito é oferecido com taxas de juros reduzidas, além de um prazo de pagamento mais longo e, não raras vezes, com um bom tempo inicial para o pagamento deste valor.



Em geral, empresas já constituídas tem acesso a melhores taxas e montantes para o microcrédito, enquanto aquelas em processo inicial de formação possuem um acesso um pouco mais restrito.

Qualquer que seja o seu caso, conseguir um microcrédito é uma excelente forma de viabilizar ou aumentar a capacidade de seu negócio ser estar exposto de forma imediata a riscos financeiros. Saiba como ele funciona, e como conseguir um microcrédito:

Qual a finalidade de um microcrédito?

Este é o ponto mais relevante sobre o assunto. Microcrédito não equivale a empréstimo pessoal ou para pagamento de bens de consumo. Ele é diretamente ligado à capacidade produtiva de um empreendimento.

Ele pode ser utiliza para dar início a essa capacidade produtiva, ou para viabilizar mudanças relacionadas à capacidade de produção ou de realização de um certo serviço. Esse é um fator importante, pois está diretamente ligado à expectativa de retorno financeiro com o investimento, o que resulta em taxas mais vantajosas por haver expectativa de melhorias.

O que é necessário para conseguir microcrédito?

Por óbvio, o primeiro passo para conseguir microcrédito é ter uma empresa constituída. O microcrédito não pode ser obtido antes da abertura do CNPJ, como uma etapa prévia à construção do empreendimento – e aí está seu maior risco.

Nada garante que a empresa recém aberta conseguirá o financiamento. Por isso, é sempre relevante consultar junto ao banco ou instituição de crédito quais são os requisitos para a aprovação, caso você dependa do financiamento externo para dar início ao seu negócio.

Assim, é necessário levar todos os documentos relacionados ao empreendimento: incluindo o CNPJ da empresa e os documentos pessoais dos sócios dela. A instituição financeira fará a análise das características e riscos daquele financiamento, permitindo ou não que você o receba, e sob quais circunstâncias poderá faze-lo.

Pagamentos e cuidados na hora da escolha

Os pagamentos de um microcrédito são feitos de acordo com a expectativa de fluxo gerado por aquele investimento. Não é raro, por exemplo, que o início do pagamento só aconteça após uma certa quantidade de meses necessários para a obtenção de retorno.

Isso torna este tipo de financiamento muito mais seguro para o fluxo de caixa da instituição. Por isso, essa chamada carência deve ser um ponto central a ser levado em consideração antes da assinatura do contrato.

Outro fator importante a ser considerado é a velocidade de liberação. Muitas pessoas fazem uma compra de maquinário, por exemplo, assim que o microcrédito recebe o aval positivo, sem perceber que há um prazo de liberação do dinheiro – o que pode acabar atrasando o pagamento deste maquinário. Fique atento em relação a essa característica antes de fazer a compra de forma precipitadamente.

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *