Aposentadoria do trabalhador rural: quais os requisitos?

A aposentadoria do trabalhador rural é uma questão extremamente importante no Brasil, embora ainda seja muito negligenciada por aqui. O país é conhecido no mundo por ser um dos maiores produtores agrícolas do mundo. Existem dados inclusive que demonstram que o Brasil é um país que alimenta um terço da população mundial. Ou seja, boa parte das frutas, verduras e legumes do mundo sai daqui do nosso Brasil.

Porém, como você bem deve imaginar, a vida no campo aqui no nosso país não é algo muito fácil! O trabalhador rural precisa enfrentar dificuldades que muitas vezes a maioria de nós não consegue nem sonhar. Como por exemplo, falta de segurança, impostos muito elevados, dentre outras questões que fazem com que a vida no campo seja algo realmente para quem gosta.

Nesse artigo, nós vamos comentar um pouco sobre como funciona a aposentadoria do trabalhador rural. Assim, você vai conseguir contribuir para a nossa sociedade ajudando as pessoas que você conhece que dependem da terra para viver.

Apesar de muitas pessoas não terem conhecimento, a previdência social do nosso país oferece um serviço de aposentaria para o trabalhador rural no qual ele recebe todos os benefícios, inclusive, esse mesmo serviço pode ser retirado sem mesmo o trabalhador ter contribuído para o INSS.

Desde que o trabalhador tenha como comprovar que ele trabalho de fato na área rural pelo tempo mínimo de 35 anos de contribuição, ele já vai conseguir receber a sua aposentadoria sem maiores problemas.

Saiba as principais questões sobre a aposentadoria do trabalhador rural, e como garantir a concretização destes direitos:

Como faço para comprovar que trabalhei na área rural?

Para que você possa receber o benefício, conforme eu mencionei acima, é extremamente necessário que você seja capaz de comprovar que realmente trabalhou tantos anos na área rural.

Para que tudo corra bem, você precisará ser capaz de apresentar um comprovante de serviço, assim como o documento das terras aonde você prestou serviço. Esses documentos serão avaliados pelo responsável, e se estiver tudo okay você vai poder dar entrada na sua aposentadoria, mesmo que não tenha pagado nenhum tipo de contribuição para o INSS.

Trabalhadores empregados ou empreendedores rurais

A terra em questão, pode ser sua terra ou de terceiros, é importante também que você demonstre ter algum vínculo com o sindicato de trabalhadores rurais, e claro, preciso comprovar ao menos 15 anos de serviço trabalhando na área rural.

Outro detalhe muito importante, para que você consiga de fato o benefício da aposentadoria, e importante que a terra na qual você trabalhou tenha até 120 hectares. Se for um espaço maior do que isso, o que vai acontecer é que será necessário que o trabalhador tenha contribuído para a previdência, caso o contrário, ele não vai poder adquirir o benefício da aposentadoria.

É muito importante que você trabalhador rural tenha em mente quais são as suas condições atuais, isso tudo vai ajudar você a se preparar para o futuro de uma forma mais segura, portanto, esteja atento as condições de trabalho que você se encontra atualmente.

Auxílio público

Procure informações em regiões especializadas da justiça federal e atendimento ao público do INSS para que eles possam informar a você se você se enquadra na aposentadoria, e caso não, o que você devera fazer para que você no futuro você possa se aposentar sem maiores problemas.

Planejamento e prevenção são a chave para que se possa ter uma vida tranquila portanto, não se esqueça! Faça o que você precisa fazer agora para que você no futuro, você não tenha nenhuma surpresa na hora de se aposentar.

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *