Presidente da República: O que faz? Quais suas funções?

Todos sabem que o papel de Presidente da República é o mais alto cargo do Poder Executivo brasileiro, é que a pessoa que ocupa o cargo é a representante política em última instância de toda a nação e de seus indivíduos.

O que nem todas as pessoas sabem, no entanto, é quais são as outras funções destinadas ao cargo de Presidente da República, afinal a posição é eleita, e suas atribuições vão muito além da questão da representatividade.

Função Presidente da República

Ser Presidente da República exige uma série de capacidades e conhecimentos bastante específicos sobre a política, economia, diplomacia e administração estratégica de todo um país – no caso do Brasil, é uma função essencial que afeta diretamente cerca de duzentos milhões de pessoas.

Entenda quais são as atribuições de um Presidente da República, e o que significa cada uma delas:

Administração do país

A pessoa que ocupa o cargo de Presidente da República é a responsável em último grau pela administração do país, assim como um presidente em uma empresa privada precisa gerir seu negócio da melhor forma possível.

Para isso, conta com os Ministro de Estado, que são nomeados pelo próprio Presidente, e auxiliam no processo de delegação e pulverização destas tarefas para profissionais mais específicos de cada área.

Sancionamento ou veto de leis

Com exceção das Emendas Constitucionais, é parte do processo legislativo brasileiro que as novas leis ou alterações passem pela avaliação do Presidente da República para vetar, integral ou parcialmente, ou sancionar o texto já aprovado nas casas parlamentares.

No caso de Emendas Constitucionais, a Presidência pode apenas propor uma emenda, mas não participa em nenhum momento de seu processo de aprovação.

Estratégia político-econômica

Além da gestão bruta do país, no que diz respeito a seus aspectos técnicos, é função do Presidente da República – evidentemente auxiliado por seus ministros – desenvolver as estratégias políticas e econômicas que serão aplicadas ao redor do Estado brasileiro.

Isso inclui desde questões como os pacotes de benefícios para determinados grupos sociais, até a elaboração de políticas industriais e cambiais, o que é uma gama extremamente grande de estratégias, tanto no que diz respeito à elaboração das diretrizes, quanto no que diz respeito às suas execuções.

Relações Internacionais

O Brasil possui uma tradição já consolidada de possuir, ao mesmo tempo, uma forte representatividade diplomática (com consulados na maior quantidade de países possível) e uma forte centralização da imagem do país ao Presidente da República.

Embora seja uma estratégia bastante discutida e, por vezes, criticada no cenário diplomático, esta representação é uma das principais atribuições da Presidência no país, e pode ser mais ou menos intensa, de acordo com as prioridades de cada pessoa que ocupa o cargo.

Comando das Forças Armadas

As forças armadas brasileiras – Exército, Marinha e Aeronáutica – respondem diretamente ao Presidente da República, que é o responsável por nomear seus comandantes e realizar a promoção dos oficiais de mais alto nível.

Embora as diretrizes internas das Forças Armadas sejam definidas por seus comandantes, sua atuação em relação ao desejo da república responde à Presidência. É por isso, também, que apenas o Presidente da República pode declarar guerra contra outra nação soberana.

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *