Como virar um político?

Para ser um representante do povo existe uma série de requisitos legais que devem ser cumpridos e são necessários tanto para ser político em uma cidade como para representar um estado brasileiro.

Além disso, algumas características pessoais podem auxiliar quem deseja virar um político, como uma boa postura, falar bem e ter influência na sociedade.

É muito importante ter o perfil necessário para o cargo, mas também conhecer todas as regras e exigências necessárias antes de tentar se candidatar. Está pensando em entrar para a carreira política? Veja os requisitos legais e as características necessárias para entrar para a vida pública – seja no Executivo ou no Legislativo:

Requisitos legais

marketing-politico-2016

Os requisitos legais para virar um político encontram-se listados na Constituição Federal do Brasil e devem ser respeitados por todas as pessoas que desejam se candidatar, independentemente do cargo desejado. O primeiro requisito é ter nacionalidade brasileira ou ser naturalizado.

Depois, é necessário estar com pleno exercício dos direitos políticos, ou seja, o indivíduo deve possuir título de eleitor. É importante lembrar que pessoas com condenação criminal não possuem direitos políticos plenos até que a pena não tenha sido cumprida e que homens devem ter suas obrigações militares regularizadas para poder virar um político.

Outro requisito é o alistamento eleitoral, obrigatório para os maiores de 18 anos e menores de 70 anos alfabetizados. Esse alistamento significa que a pessoa está cadastrada na Justiça Eleitoral e possui título de eleitor.

Após, para virar um político é importante possuir domicílio na circunscrição em que você irá se candidatar. Assim, o político deve morar no estado ou cidade pela qual irá se candidatar há no mínimo um ano antes das eleições. Isso evita que candidatos tentem se eleger por cidades ou estados em que nunca estiveram, apenas por interesses políticos. Além disso, a pessoa deve ser filiada a um partido político, também por no mínimo um ano antes das eleições.

O último requisito refere-se à idade mínima para cada cargo político. Para se candidatar a vereador, a idade mínima é a mesma em que o voto se torna obrigatório, 18 anos. Para ser prefeito, deputado estadual ou federal, a idade mínima exigida é 21 anos. Já para o cargo de governador é 30 anos e para ser senador ou presidente, 35 anos.

Quem não pode virar político

A legislação brasileira também determina que algumas pessoas não podem se candidatar em hipótese alguma. A Constituição Federal denomina essas pessoas como inelegíveis. Os analfabetos, apesar de poderem votar de forma facultativa e não obrigatória, não podem se candidatar. Assim, um analfabeto nunca poderá virar um político.

Além deles, são inelegíveis as pessoas que por algum motivo não podem votar, chamadas pela Constituição Federal de inalistáveis. Ou seja, quem não pode votar, não pode ter título de eleitor e se alistar na Justiça Federal. Consequentemente, não poderá virar um político. Isso significa que só pode virar político quem já é eleitor. A Constituição determina que os menores de 16 anos, os estrangeiros e os militares convocados para serviço obrigatório não podem votar.

Características pessoais

Além de estar atento aos requisitos legais mínimos exigidos para a candidatura, quem deseja virar um político deve participar ativamente da sociedade e ser uma pessoa influente. É muito importante ser uma pessoa ativa na cidade ou estado pelo qual irá concorrer, buscando se comunicar com as pessoas e conhecer os problemas da região.

Mais do que fazer parte de um partido político, é essencial desenvolver a carreira política em torno de causas importantes para a sociedade. O político além de ser um representante do povo, é uma pessoa que representará causas e demandas que são vitais para a comunidade.

Veja também:

Compartilhe este artigo!
  •  
  •  
  •  

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *